Virtualização

De TheNets Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

Aprenda a criar um ambiente para virtualização de alto desempenho para criar servidores Ubuntu 16.04; 18.04.

Requisitos

Utilizaremos o KVM como ferramenta de virtualização e seu hypervisor requer:

  • an Intel processor with the Intel VT-x and Intel 64 virtualization extensions for x86-based systems; or
  • an AMD processor with the AMD-V and the AMD64 virtualization extensions.

Mais informações pode ser encontrada no site oficial da RedHat.

Execute o comando abaixo e verifica se ele retorna algum valor. Se retornar algum valor, então seu hardware suporta o hypervisor do KVM:

grep -E 'svm|vmx' /proc/cpuinfo

Como instalar Kimchi + Wok

Aplicações necessárias

  • Kimchi: Descrição aqui
  • Ginger: Base Descrição aqui
  • Wok: Descrição aqui

Instalação

Instale o ngnix. Este é um hack por conta de bugs encontrados durante o processo de instalação:

sudo apt-get update
sudo apt-get install -y nginx

Baixe o wget que será utilizado para baixar os principais pacotes:

sudo apt-get install -y wget

Baixe os pacotes necessários:

wget https://github.com/kimchi-project/wok/releases/download/2.5.0/wok-2.5.0-0.noarch.deb
wget http://kimchi-project.github.io/gingerbase/downloads/latest/ginger-base.noarch.deb
wget https://github.com/kimchi-project/kimchi/releases/download/2.5.0/kimchi-2.5.0-0.noarch.deb

Instale os pacotes: (o primeiro comando retornará erro, informando que não encontrou dependências. Ignore e execute o segundo comando)

sudo dpkg -i *.noarch.deb
sudo apt-get install -f

Inicializar processos

Reinicie seu sistema. Por padrão os serviços do Wok e Kimchi são ativado, porém não são inicializados. Durante a próxima inicialização do sistema, tudo será adequadamente ligado:

sudo shutdown -r 0

Acesso

Acesse o servidor do Wok e gerencie as máquinas virtuais em:

https://127.0.0.1:8001

Uma mensagem de erro no certificado será exibida. Apenas adicione a URL como exceção a utilize-a.

O login e senha são as do próprio sistema. Crie novos usuários no próprio Linux para dar acesso à outros usuários. Para mais informações sobre o sistema de autenticação PAM, acesso o site da RedHat: Chapter 2. Using Pluggable Authentication Modules (PAM)